sexta-feira, 2 de abril de 2010

SEGUNDA FASE É A GRANDE VILÃ DO BOTAFOGO NA COPA DO BRASIL

Mais uma vez o Botafogo se despede precocemente da Copa do Brasil. Depois de conseguir uma vitória suada pelo placar mínimo no Mundão do Arruda, o time de Joel Santana perdeu ontem por 3 a 2 para o Santa Cruz no Engenhão e está fora do “caminho mais curto para a Libertadores”. Herrera, que havia feito o gol da partida do Recife, marcou os dois gols alvinegros e Léo, Brasão (esses últimos contando com falha de Jeferson) e Souza fizeram os do Santa.

Confira matéria de Alex Escobar para o “Bom Dia Brasil” sobre a partida.

A eliminação de ontem evidenciou um grande tormento do clube nos últimos 10 anos. Desde 2001, o clube já foi eliminado SEIS vezes na segunda fase da Copa do Brasil por:

- Remo, em 2001;
- Gama, em 2004;
- Paulista, em 2005;
- Ipatinga, em 2006;
- Americano, em 2009;
- Santa Cruz neste ano.

No mesmo período, outro dado alarmante: das 20 partidas que decidiram a participação alvinegra nestas 10 edições, o time só venceu quatro. Todas de 2007 pra cá: a partida de volta da semifinal de 2007 contra o Figueirense no Maracanã, a partida de ida da semifinal de 2008 contra o Corinthians no Engenhão, e as partidas de ida das segundas fases de 2009 e 2010 contra o Americano no Godofredo Cruz e contra o Santa Cruz no Arruda respectivamente.

Ainda no período entre 2001 e 2010, o mais longe que o Fogão conseguiu chegar foi nas semifinais citadas acima. Em 2007, foi beneficiado pela arbitragem contra o Atlético Mineiro nas quartas e pagou o preço na fase seguinte, sendo prejudicado, em pleno Maracanã, pela assistente Ana Paula Oliveira e eliminado pelo Figueirense. E em 2008, venceu o Corinthians por 2 a 1 no Engenhão e perdeu pelo mesmo placar no Morumbi. Nos pênaltis, Felipe defendeu a cobrança de Zé Carlos e levou o Timão à final contra o Sport.

Veja a disputa de pênaltis em 2008 na narração de Cléber Machado.

Resta ao time da estrela solitária se livrar de um outro tormento para salvar o 1º semestre. Depois de chegar a final do Campeonato Carioca em 2007, 2008 e 2009 e perder as três edições para o Flamengo, o alvinegro, que já está na final por vencer a Taça Guanabara deste ano, terá de quebrar este tabu momentâneo no estadual para dar uma resposta a torcida pela eliminação na Copa do Brasil.

PARTCIPAÇÃO DO BOTAFOGO NOS ÚLTIMOS 10 ANOS NA COPA DO BRASIL:

2001: eliminado na 2ª fase pelo Remo-PA em pleno Maracanã. Perdeu os dois jogos por 2 a 1.

2002: eliminado nas oitavas pelo Paraná. Perdeu em casa por 3 a 1 e empatou em 1 a 1 no Durival de Brito.

2003: eliminado nas oitavas pelo Goiás. Perdeu os dois jogos: 2 a 1 Serra Dourada e 3 a 2 Caio Martins.

2004: eliminado na 2ª fase pelo Gama-DF. Empatou em 4 a 4 no Bezerrão e perdeu por 3 a 2 no Maraca. Detalhe que o Fogão fez apenas três partidas nesta edição, mas mesmo assim teve o artilheiro da competição: Alex Alves, com 8 gols. Ele fez 4 na goleada por 5 a 0 em cima do Maranhão na 1ª fase e dois em cada jogo contra o Gama.

2005: eliminado na 2ª fase pelo Paulista. Empatou em 1 a 1 no Jaime Cintra e por 2 a 2 no Maraca, sendo eliminado pelo gol fora de casa. O Paulista foi o campeão daquele ano, vencendo o Fluminense na final.

2006: eliminado na 2ª fase pelo Ipatinga, o time sensação da época, de forma humilhante: perdeu os dois jogos. 3 a 0 no Maraca e 3 a 1 no Ipatingão.

2007: eliminado na semifinal pelo Figueirense. 2 a 0 no Orlando Scarpelli e 3 a 1 no Maraca, jogo em que a assistente Ana Paula Oliveira marcou dois impedimentos inexistentes e anulou dois gols legais do time de General Severiano. Mas o gol do Figueira neste jogo contou com um frangaço do goleiro Julio César, hoje no Benfica-POR.

2008: eliminado na semifinal pelo Corinthians. Venceu 2 a 1 no engenho e 2 a 1 no Morumbi. Nos pênaltis, 5 a 4 para o Timão, com Felipe defendendo a última cobrança de Zé Carlos, hoje no Náutico.

2009: eliminado na 2ª fase pelo Americano. Perdeu por 2 a 1 no Godofredo Cruz e venceu pelo mesmo placar no Engenhão. Nos pênaltis, 5 a 4 para o Americano, com o maestro Maicosuel perdendo a cobrança alvinegra: fez paradinha e chutou na trave.

2010: eliminado na 2ª fase pelo Santa Cruz. Venceu por 1 a 0 no Arruda e perdeu por 3 a 2 no Engenhão. Na foto à esquerda, Joel Santana lamenta eliminação (André Teixeira/Globo).




* O Botafogo já chegou a final da competição em 1999 contra o Juventude. Perdeu a partida de ida por 2 a 1 no Alfredo Jaconi e empatou em 0 a 0 no Maracanã, num jogo que contou com quase 100 mil alvinegros quando o estádio ainda tinha a arquibancada de cimento.

4 comentários:

Gremista Fanático disse...

Fala cara, agradeço a visita e comentario no Gremista Fanático, curti seu blog, muito maneiro parabens.

Sobre a eliminação do Botafogo acho que o erro do time foi que na hora em que conseguiu o empate em 2x2 ele deveria ter brecado o jogo mas pelo contrário ficou naquele jogo alucinante e permitiu o gol da derrota, abraço.

Saudações do Gremista Fanático

Jefferson freire disse...

Fazia tempo q não te via na blogosfera.

Confesso que gostei muito da eliminação desse fraco time do foguinho.

Visite tb o www.saudacoesrubronegras.com.br

Abços

Carlão Azul disse...

Pois é, no feriado já ouvi a frangaiada rosinha aqui de Minas comemorando a eliminação do Botafogo. Um dizia pro outro:
-Vc viu, o Botafogo saiu da Copa do Brasil?
-É mesmo?
-Saiu, tá eliminado.
-Então agora vai.....

hehehehe sonhadores são sempre sonhadores...

Abraços Aldevan

Saudações Celestes

Sou Cruzeirense – Blog
CRUZEIRO: O MELHOR TIME BRASILEIRO DO SÉCULO XX
Clique AQUI e visite a Seção de Brindes do Sou Cruzeirense

Diego Louzada disse...

Sair nessa fase é bem ruim, pois normalmente é pra times sem expressão, o que dá uma derrocada na moral da torcida.
No caso dos jogos do Bota contra o Santa, o curioso é que o time de Recife foi superior em ambos e teve várias chances de gol tanto lá quanto cá.
Com todo respeito ao Bota, a classificação do tricolor de Recife foi justa pelo que vimos em campo.

Abraço!

Assinar Feed Assinantes

Seguir no Twitter Seguidores

Artigos publicados Artigos

Comentários recebidos Comentários